Entenda o Que é Escutatória e as Lições Que Esse Conceito Pode Ensinar

Rubem Alves foi um grande escritor brasileiro, que se foi em 2014 e deixou um legado fantástico através de suas obras, com muitos ensinamentos sobre a vida. E um ensinamento bastante importante veio de um texto escrito por ele, chamado Escutatória, que, através de um neologismo baseado na palavra oratória, fala sobre a importância do ouvir. Continue acompanhando e faça essa reflexão comigo a respeito do ato de acolher verdadeiramente o que as outras pessoas compartilham conosco.

A Escutatória e a Importância de Aprender a Ouvir

O texto de Rubem Alves começa fazendo uma provocação sobre o fato de existirem inúmeros cursos de oratória e nenhum de escutatória, porque, segundo ele, todo mundo quer aprender a falar e ninguém quer aprender a ouvir. Além disso, ele também cita uma frase de autoria de Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa, que expressa muito bem essa importância do ouvir, que diz que não basta ter ouvidos para escutar o que os outros dizem, é preciso que a alma esteja em silêncio.

Essa citação é bastante forte e gera muita reflexão, afinal de contas, de nada adianta permanecer em silêncio enquanto alguém fala se a sua alma estiver inquieta. Aos olhos de terceiros, pode até parecer que está atento a tudo o que é dito, porém, só você sabe se realmente está dando a devida atenção ao que aquela pessoa que está ali, na sua frente, está dizendo e compartilhando contigo.

Além da falta de atenção, o autor cita também o quanto o ego pode atrapalhar o ato de escutar, porque, muitas vezes, existe um maior interesse em sobrepor e dizer algo que pareça mais inteligente, do que de acolher verdadeiramente o que o outro disse. Assim, surgem as conversas vazias, em que um não dá atenção ao outro e deseja apenas se colocar como o que sabe mais.

7 Lições Para Dominar a Arte da Escutatória e Se Conectar Verdadeiramente às Pessoas

Agora que já conheceu o conceito de escutatória, tão sabiamente desenvolvido por Rubem Alves, aproveite para conferir sete lições que te ajudarão a dominar a arte de ouvir e se conectar verdadeiramente às pessoas. Tenho a certeza de que, ao colocá-las em prática, os seus relacionamentos irão se transformar e se tornar ainda mais valiosos.

1 – Pratique a Escutatória

A prática é uma parte bastante importante de um curso de oratória, afinal, através dela, o indivíduo começa a se familiarizar com o ato de falar. Então, por meio dessa familiarização, começa a se tornar cada vez mais à vontade para se expressar. Com a escutatória não é diferente, pois é preciso praticar para desenvolver a habilidade de acolher verdadeiramente o que os outros dizem. Por isso, simplesmente comece, caso sua atenção voe para longe, traga-a de volta, repetindo quantas vezes forem necessárias.

2 – Silencie a Mente Para Ouvir

Se a sua mente estiver inquieta, pensando nas coisas que precisa resolver em seguida, no que vai comer no jantar e no que irá falar para a outra pessoa quando ela terminar de falar, possivelmente não conseguirá ouvir com atenção. Portanto, silencie a sua mente, conectando-se ao momento presente. Todas as suas obrigações estarão te esperando para que sejam realizadas, já esse momento, de conexão e comunhão com a pessoa que está à sua frente, é único e não voltará mais.

3 – Saiba Que Sempre é Possível Aprender Com o Outro

Ter uma autoestima elevada, se amar e se aceitar é maravilhoso, contudo, isso nada tem a ver com se sentir superior em relação ao outro, porque a ideia não é de se comparar e sim de se apreciar como indivíduo único que é. Portanto, desapegue da ideia de querer se mostrar mais inteligente do que os demais, pois sempre é possível aprender com os outros. E, certamente, ao praticar a escutatória, conseguirá absorver lições poderosas a respeito dos mais diversos temas.

4 – Pense Melhor Antes de Dar Palpites

Em um trecho de seu texto, Rubem Alves fala que “a gente não aguenta ouvir o que o outro diz sem logo dar um palpite melhor, sem misturar o que ele diz com aquilo que a gente tem a dizer”. Nesse sentido, busque evitar isso, pensando se o seu “palpite” pode realmente acrescentar e ajudar a outra pessoa de alguma maneira ou se é apenas uma tentativa de parecer mais esperto do que ele. Tenha sempre o objetivo de agregar e utilize isso para selecionar o que vale a pena ou não ser dito.

5 – Ouça Com Empatia e Sem Julgar

Antes de julgar o papo de alguém como chato e sem importância, coloque-se no lugar dessa pessoa, “calce os sapatos dela” por alguns instantes e observe a situação sob outra perspectiva, que não seja apenas a sua. Ao fazer esse exercício de empatia, conseguirá ouvi-la com mais acolhimento, sem julgar, o que é um dos pilares da escutatória, do ouvir verdadeiramente em vez de apenas esperar sua vez de falar.

6 – Atente-se à Linguagem Não-verbal

A boca não é a única parte do corpo humano que tem o poder de falar. Os olhos, a expressão facial, a forma de colocar os braços e as pernas, tudo isso também fala. Dessa maneira, é interessante que se atente também a essa linguagem não-verbal, pois esses detalhes também te ajudarão a entender melhor o seu interlocutor e interpretar a sua fala de modo mais completo.

7 – Faça Comentários Baseados no Que Ouviu

Após colocar os seis passos anteriores em prática, conseguirá fazer comentários a respeito do que ouviu, de modo a mostrar ao interlocutor que estava mesmo atento ao que ele disse. Assim, suas falas serão muito mais coerentes e agregadoras do que se, simplesmente, não tivesse dado tanta atenção à conversa e se não tivesse ouvido com empatia.

O diálogo é uma ferramenta poderosa para o entendimento. Através dele podemos aprender, ensinar, conhecer melhor outras pessoas e nós mesmos. Porém, para que todos esses benefícios sejam alcançados é preciso praticar a escutatória, valorizando o ouvir tanto quanto o falar. Para finalizar, deixo mais um trecho do texto de Rubem Alves, que diz: “Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto”. Pense nisso!

Reproduzido na integra – jrmcoaching

Editora Global Partners

Compartilhar:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

DESTAQUES

Bilionário indiano faz postagem reconhecendo o trabalho invisível das mulheres e viraliza
Tempos sem precedentes exigem uma liderança sem precedentes
Digitalização impulsiona a nova cara do envolvimento
Felicidade